sábado, 28 de julho de 2012

;

Ando me sentindo com falta de espaço, preciso me livrar constantemente com desculpas bobas das pessoas para ler, para estudar, gostaria de poder tocar um pouco sozinha também, o que é curioso no minimo das explicações, porque minha presença me é deplorável sem poupar a redundância boba dai depois de exortar bate uma nostalgia que não vai embora até adormecer com o som da televisão ligado em algum canal de língua desconhecida. Tenho desconfiado que preciso tomar mais chás, mais sonhos e mais esperanças antes de acordar para o mundo cada manhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário